Vitrines

Tirana, Albânia

As grandes lojas de marca (ainda) não chegaram na Albânia - vimos apenas um shopping, e ele estava em construção. A maior parte das lojas são de comerciantes locais e produtos chineses. Para comprar um sapato, por exemplo, é preciso ter a sorte de encontrar o seu número no modelo de que você goste no meio do amontoado aleatório, já que não existe estoque. O país vive as consequências da ditadura comunista que durou de 1944 a 1992 e foi uma das mais fechadas que existiram, ao contrário do socialismo aberto da Iugoslávia. E, como dá para notar, a cultura do casamento está em toda parte.

Shkoder, Albânia

Pessoas fumando dentro de lojas, gaiolas com passarinhos por toda a parte, pobreza com janelas sem grades. Muitas vezes a Albânia parece o Brasil dos anos 80.

Sarajevo, Bósnia

O cosmopolitismo de Sarajevo

Pristina, Kosovo

O Kosovo, apesar dos mais de 45% de desempregados formais, é tomado de lojas de marcas internacionais, shoppings, pubs e cafés sofisticados com wifi. Talvez seja devido à forte presença estrangeira de pessoas da ONU, OTAN, ONGs, etc. Mais o dinheiro que cerca de 20% da população que vive fora do país envia para seus parentes, mais o dinheiro do crime organizado. E também há as divertidas lojas kosovo-albanesas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s